domingo, fevereiro 06, 2005

PEGASUS

(CONSTELAÇÃO DE PEGASUS)

Pegasus foi o cavalo utilizado pelas Musas quando visitaram a Terra. Diz- se que quando o seu casco tocou na encosta do monte Olimpo, as águas de Hipocrene brotaram. Esta nascente fornece inspiração aos poetas que dela bebam

Percorro labirintos onde me sinto perdida. Não encontro os caminhos de regresso às águas de hipocrene...

10 Comments:

Blogger Henrique Dória said...

Nada como a seta de Eros para fazer brotar a Fonte de Hipocrene.Beijos

10:41 da tarde  
Blogger Caliope said...

Pois é... O Eros, tadito, apesar do seu ar jovial, já tem uns anitos... E muito má pontaria, constato eu. Ou sou eu que sou muito inquieta? Também pode ser...
LOLOLOL

12:30 da manhã  
Blogger Guida said...

pede inspiração às ninfas do tejo, para que te dêem alguma força. ;)

beijinho*

12:32 da manhã  
Blogger corpo visível said...

A chave do labirinto, é deixares levar-te pelo instinto...

1:04 da manhã  
Blogger Luis Duverge said...

...pelo menos estamos sintonizados ... na falta de inspiração. Obrigado pelo teu contributo para a "parede branca" será o próximo post. Posso tentar ajudar? Gostavas de fazer um post sobre " O Ser Humano". Este conceito surgiu quando visitei o blog de uma amiga e li sobre "Ser mulher". Ser humano é mais abrangente ... fica o desafio ...
Um beijo ... inspirado.

12:04 da tarde  
Blogger Caliope said...

Guida:
Poxa! Achas que arrico? Já viste se elas atendiam ao meu pedido e eu me punha a escrever os Lusíadas - versão 2? Não havia espaço no meu blog para tanto post......
Beijinhos. Obrigada pela força :-)*


corpo visível:
ohhh... quando não se sabe para onde se quer ir, como perguntar qual o melhor caminho?
;-) Beijinhos

Luis_Duverge:
sintonizamos a dois na falta de sintonia individual(não é animador, pois não?) eheheh

Não agradeças, por favor. Isso soa a ter feito algo por obrigação, o que, de todo, não faz parte da minha maneira de ser. Foi um contributo fraquinho (mas a falta de inspiração é gritante), mas com boa vontade de ajudar às tuas dissertações blogueiras :-)

Hummm... esse temática é interessante. Escrevi um dia sobre isso: http://poesiadeoutono.blogspot.com/2005/01/ser.html...

Beijinhos ***

1:48 da tarde  
Blogger Ardente_Mente said...

:))

4:23 da tarde  
Blogger Caliope said...

Ardente-mente:
Mestre, obrigada ;-)

2:51 da tarde  
Blogger Hipatia said...

Não vale forçar nada. A magia da poesia é exactamente ser tão sentida que nem se nota a forma como é construída.

Estás a perceber porque não faço poemas, não é? ;-)

Beijo

3:40 da tarde  
Blogger Caliope said...

Hipatia:
Não, por acaso não. Tu, mais do que muitas pessoas que "conheço" tens a capacidade de SENTIR...

:-)

4:02 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Comments-[ comments.]